Empresas de comunicação aderem ao projeto Falando Direito

O Projeto

Com o objetivo de fomentar a promoção da Cidadania, da Justiça e da Inclusão Social, a Associação dos Magistrados do Distrito Federal (AMAGIS-DF), em parceria com a Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP) e a empresa Aula Móvel, lançam, nesta terça-feira, 19 de abril, o Projeto “Falando Direito”. A abertura oficial da ação acontece durante aula magna a ser realizada no auditório do Tribunal do Júri do Fórum Desembargador Hugo Auler, no Núcleo Bandeirante, em Brasília. Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

Novidades do Projeto

Antes mesmo do lançamento oficial, marcado para a próxima terça-feira, 19, o “Falando Direito” já conquista parceiros de diversos segmentos, empresários engajados com a ideia de fazer a diferença por meio da ação social. E não poderia ser diferente. Nascido da parceria entre entidades de classe do meio jurídico – a Associação dos Magistrados do DF e a Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF) e a Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP) -, o projeto ganhou uma perspectiva ainda maior com a chegada da empresa Aula Móvel. Dessa vez, quem se junta ao time do “Falando Direito” são três empresas brasilienses do ramo de comunicação: a Etcetera Comunicação, a Goint Marketing e a Inova BR.
Com as novas parceiras nasce o Falando Direito na Web, com um portal completo sobre o projeto, que será disponibilizado nos próximos dias pelo www.falandodireito.org.br, bem como através do relacionamento sem fronteiras pelas redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter e outros.
A Etcetera Comunicação atua no mercado de Brasília, há 10 anos. Fundada e gerenciada pelas jornalistas, Denise Margis e Marina Figueiredo, a agência trabalha com atenção especial ao conteúdo produzido e ao planejamento estratégico na prestação de serviços. A empresa reúne diferentes ferramentas da Comunicação Social no atendimento aos seus clientes, incluindo serviços como assessoria de imprensa, comunicação corporativa e empresarial e produção de conteúdos textuais e gráficos diversos.
Para Denise, diretora executiva da empresa, nem todas as parcerias têm por obrigação obter retorno financeiro, por isso a agência sempre dedica tempo e trabalho para as causas sociais por meio de parcerias. “Aprendemos uma coisa importante ao longo desses anos: muito além de honestidade, confiabilidade e pontualidade, condutas obrigatórias para nós, ninguém faz nada sozinho. Vivemos na era das parcerias e o sucesso, nesse sentido, depende das boas escolhas”, afirma.
“As questões morais e de responsabilidade social são tão ou mais importantes para que as empresas cresçam. E o ‘Falando Direito’ é, sem dúvidas, uma excelente escolha, além de uma oportunidade de contribuir para a transformação do nosso meio. Estamos felizes e acreditando nessa parceria em prol de algo maior”, completa a empresária.
“Somos apaixonados pelo significado que o projeto ‘Falando Direito” representa para o Brasil. Abraçamos a desafiadora missão de quebrar os paradigmas de uma sociedade desigual ao levar o conhecimento das leis que permeiam a sociedade brasileira para jovens que, em sua maioria, desconhecem grande parte dos seus direitos e deveres”, pontua a diretora da Goint Marketing, Cinara Guimarães.
A empresa, especializada em Marketing Social, é brasileira e como todo bom brasileiro possui também caráter solidário. “É mais que solidariedade, é ter consciência do dever que temos como empresa, em contribuir com a transformação da sociedade. A Goint possui sensibilidade para entender que nosso país precisa da ajuda de todos. Portanto, estamos juntos nessa nobre missão e com gratidão pela oportunidade de compor esse time do bem”, afirma.
“Quando idealizei a InovaBR, eu queria ajudar as pessoas. Lidava muito com o micro e pequeno empresário, pois era esse o meio que eu vivia. Sabia da minha paixão pela tecnologia e sabia que minha formação em gestão contribuiria para que esse meu público crescesse e se desenvolvesse com controle, sistema, sites, aplicativos e, principalmente, com vendas pela internet. Acabei unindo o útil ao agradável: as ferramentas da Tecnologia da Informação (Sites, blogs, sistemas e aplicativos), com a capacidade de municiar o microempreendedor a vender e conquistar clientes pela internet”, explica o diretor da InovaBR, Luis Felipe Cunha.
Segundo o empresário, o “Falando Direito” oportuniza pessoas como ele a continuar fazendo o bem e a ajudar pessoas. “Vejo esse projeto como um grande benefício para a minha satisfação pessoal e para a sociedade como um todo – principal propósito do projeto”, conclui.

 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »