IEDF é parceiro na realização de audiência pública sobre educação em direitos na CLDF

Os projetos de educação em direitos da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) já beneficiaram cerca de cinco mil estudantes da rede pública de ensino do DF. Agora a instituição quer expandir essa realidade, incentivando o Poder Público a promover o conhecimento sobre direitos e deveres, o que é essencial para o exercício da cidadania. Com esse intuito, no próximo dia 26 de março, às 15 horas, no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), acontecerá a primeira Comissão Geral para debater a Educação em Direitos no DF. O evento – uma iniciativa do deputado distrital Leandro Grass (Rede) – terá os jovens como protagonistas diante de parlamentares, defensores públicos, gestores do GDF, juristas e estudantes. A atividade conta com o apoio e participação da Secretaria de Justiça (Sejus), de Educação (SEEDF), do Instituto de Popularização do Direito (Ipod); da Rede Internacional de Excelência Jurídica do Distrito Federal (Riex/DF); e da Clínica de Direitos Humanos do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB); o Instituto de Educação em Direitos e Fraternidade (IEDF), bem como a Frente pela Educação em Direitos.

A audiência pública também é uma forma de fortalecer e celebrar o aniversário de 10 anos do projeto Conhecer Direito, que dissemina conhecimentos básicos sobre Direito para alunos da rede pública de ensino do DF. Para Evenin Ávila, diretor da Escola de Assistência Jurídica da Defensoria (Easjur), que executa o projeto, a falta de informação sobre leis aos jovens adultos é constante e isso causa muitos problemas ao país. “A gente tem que se perguntar se esse sistema é justo, se é normal punir sem educar, e a partir de perguntas como estas propormos uma nova vivência das pessoas com as leis que existem no país. Hoje o Brasil está muito judicializado, com muitos processos que poderiam ser evitados se os cidadãos conhecessem mais essas regras. Então essa é a ideia do Conhecer Direito: expandir o conhecimento sobre direitos e deveres”, explicou.

O objetivo da audiência pública é fazer com que a sociedade entenda a importância do aprendizado sobre os direitos para jovens, garantindo que amadureçam com conhecimentos sobre leis e também sobre os deveres de cada cidadão. A ideia é que o encontro atinja não apenas os estudantes de projetos e pessoas que já os conhecem, mas também aqueles que ainda não se alertaram para a importância do tema, de forma que novas parcerias sejam criadas, levando o tema para as salas de aula de todo o DF.

Para o deputado Leandro Grass, idealizador do evento, “muitos jovens chegam hoje à vida adulta sem muito conhecimento sobre os direitos que têm. E a educação é uma excelente política preventiva na sociedade. É uma ferramenta de construção da cidadania, de formação humana, e precisamos sensibilizar as lideranças públicas sobre a importância de difundir este conhecimento. A gente quer fazer desta audiência um marco, e não apenas mais um evento. Queremos dar voz a esses jovens que participam de programas como o Conhecer Direito para que eles demonstrem a relevância da educação em direitos. E, assim, se vincular de uma forma mais sadia à sociedade, com espaço, com força, e com conhecimento”.

SERVIÇO:

Comissão Geral para debater a Educação em Direitos no Distrito Federal

Dia: 26/03/2020

Horário: 15 horas

Local: Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »