Plataforma online do Projeto “Falando Direito” começa a funcionar nesta quinta-feira

falando direito

 

A partir desta quinta-feira (2), o Projeto “Falando Direito” alcançará um novo patamar. Começarão a ser disponibilizadas no site do projeto (http://www.projetofalandodireito.com.br), as aulas gravadas pelos defensores públicos de todo o país sobre temas diversos, com foco na educação em direitos voltadas ao público infanto-juvenil. Os vídeos serão disponibilizados em uma plataforma privada exclusiva para o “Falando Direito”.

Para acessar o conteúdo é bem simples, basta que os alunos contemplados pela iniciativa e as Associações Estaduais que firmaram parceria com o “Falando Direito”, façam um cadastro no site do projeto (http://www.aulamovel.com.br/cadastro-rapido).

A primeira aula disponbilizada será da defensora pública do DF, Bianca Cobucci, que abordará o Direito do Consumidor. No vídeo, ela falará sobre os conceitos básicos do tema, conforme estabelece a lei federal 8.078/90 e também apresentará o CDC (Código de Defesa do Consumidor).

Segundo o presidente da ANADEP, Joaquim Neto, a plataforma digital será mais uma ferramenta de disseminação do “Falando Direito”, porque permitirá que a ação chegue a todas as regiões do país. “A partir de agora todas as Associações Estaduais, além de poderem disseminar as aulas registradas, podem também indicar defensores para gravar, em Brasília. Além disso, é uma forma eficaz de aproximação com os alunos contemplados com a iniciativa, que terão mais um suporte de aprendizado”, explica o presidente da ANADEP.

Saiba mais:

“Falando Direito” é uma ação gratuita voltada para a educação em direitos. No DF, o projeto alcança alunos da rede pública de ensino médio das regiões administrativas de Candangolândia, Núcleo Bandeirante e Riacho Fundo. A iniciativa também contempla os pais dos alunos selecionados e os professores. A ideia é desenvolver o protagonismo do jovem na condição de cidadão e membro de uma família. Outro destaque é que a ação qualificará os jovens para vestibulares e concursos públicos.

Outros estados também já estão aderindo a iniciativa: Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia e Tocantins.

Para saber mais do projeto:
Site oficial: http://www.projetofalandodireito.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/falandodireito/

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »